Na Casa Cor Balneário Camboriú, CASAdesign simplifica os espaços e otimiza os elementos naturais

A Sala de Concreto dos Júniors — que estão concomitantemente em duas edições da Mostra em 2017 — aproveita a estética dos elementos naturais expostos sustentados em uma paleta de tons escuros

  • 8 junho 2017

_MG_2213-Editado_FotoMarianaBoro

Foram autoria e contemporaneidade que embasaram o projeto do CASAdesign Interiores na Casa Cor Balneário Camboriú deste ano, que segue até o dia 25 de junho no Edifício Marina Beach Tower. Para a Sala de Concreto, o escritório catarinense de Moacir Schmitt Jr. e Salvio Moraes Jr — os “Júniors”, como são conhecidos no circuito do décor — buscou traduzir o jeito de morar da atualidade ao fazer uma releitura de um espaço concretado no canto do prédio que abriga a Mostra.

_MG_2261_FotoMarianaBoro

“Solto, leve, singular, prático e sem amarração. Ninguém quer perder mais tempo, viver no automático. As pessoas querem curtir seus lares, ouvir música, ler um livro e receber amigos. Ter autonomia, um momento para si dentro de casa, aconchego em boa companhia e natureza por perto”, resumem os profissionais.

_MG_2422-Editado_FotoMarianaBoro

As superfícies brutas do ambiente que se assemelhava a uma caixa de concreto foram apenas suavizadas – lixadas – e harmonizadas com materiais atemporais, mais sofisticados. “Adoramos o refinado com o concreto, dá equilíbrio, uma cara urbana”, explicam.

_MG_2450-Editado_FotoMarianaBoro

A área de 127 m² foi convertida em um amplo living com o estar e a cozinha acoplados. Na cozinha, uma bancada central de silestone oferece assentos em ambos os lados da mesa em um ambiente equipado que também atua como área de bar e de degustação. Por meio da escolha dos elementos e da geometria, os arquitetos priorizaram certa privacidade entre os espaços, sem, ao mesmo tempo, desconectá-los.

_MG_2487_FotoMarianaBoro

Envolta nas paredes da sala e da cozinha, a madeira natural atenua a rigidez do concreto e do porcelanato que cobre o piso. Tem, também, função de camuflar armários e é acentuada pelo mobiliário metalizado da Bontempo, de desenho limpo e alinhado aos eletrodomésticos. “Para dar uma quebra na unidade injetamos cor, um azul bic brilho no módulo do canto do móvel”, comenta Moacir.

_MG_2488-Editado_FtoMarianaBoro

A luz natural abre caminho através dos espaços criados no ambiente pelos profissionais, revelando o ciclo e frescor do dia. “Temos uma janela frontal, bem em frente à floreira, ao lado da sala de jantar. Outra voltada para a parede verde nos fundos da sala. E um rasgo que ilumina a cozinha”, complementa Salvio.

_MG_2206_FtoMarianaBoro

Na sala, o sofá com shape minimalista da italiana Natuzzi, assinado por Manzoni e Tapinassi, sinaliza que ali é lugar de relaxamento e descontração por horas a fio. Marcam presença elementos do design nacional como a poltrona Almicar, uma homenagem do estúdio Mula Preta ao escultor e artista plástico Almicar de Castro, e outros nomes do portfólio nacional, dentre os quais constam Sergio Fahrer, Jader Almeida e Marcelo Ligieri. Obras de arte, em especial a da artista catarinense Fabiana Langaro Loos, e objetos decorativos arrematam a ambiência proposta pela dupla.

_MG_2233_FotoMarianaBoro

CASAdesign Interiores
casadesigninteriores.com