Para solução mais prática e imediata, Daniela Dantas investe em móveis soltos em apartamento alugado em Natal

A arquiteta considerou a acomodação imediata e uma possível futura mudança dos moradores recém-casados

  • 14 dezembro 2017

giz-daniela-dantas-5

A praia de Areia Preta, em Natal, é o que se avista da ampla varanda envidraçada deste apartamento de 260 metros quadrados com interiores projetados pela arquiteta Daniela Dantas.

giz-daniela-dantas-4

O jovem casal de moradores alugou o imóvel à beira-mar para prontamente dar início à vida de casados. O projeto, então, dispensou reformas para baratear os custos e economizar tempo. Ainda por se tratar de locação, outra solução foi usar o maior número possível de móveis soltos, que já pudessem ser aproveitados em caso de mudança futura.

As paredes da varanda, curvas e onde a pastilha deveria ser preservada, foram revestidas com fórmica, imitando madeira, e amparadas com um móvel sob medida no vão existente. O mesmo revestimento foi aplicado na sala, que recebeu, ainda, uma tinta que copia o efeito do cimento queimado.

giz-daniela-dantas-1

A mobília, de cantos encurvados, seguiu uma paleta de tons mais neutros e foi enroupada em tecidos macios. Enfatizados por ela e pelos revestimentos mais quentes das paredes, pontos de luz em locais específicos aumentaram a sensação de aconchego no espaço em contraponto ao piso frio da planta. Os pontos de cor também dão vida ao ambiente, e se encontram nas obras de arte, nas almofadas e na poltrona no canto da sala de tevê.

Daniela Dantas Arquitetura e Interiores
danieladantas.com@danieladantasarquiteta