Studio Gabriel Garbin Arquitetura assina reforma e interiores de apê localizado no Campo Belo, em São Paulo

Planta original foi readequada de forma que os espaços se tornassem convidativos para o proprietário receber confortavelmente

  • 23 novembro 2017

giz-Studio-Gabriel-Garbin-Arquitetura-2

Para corresponder ao briefing do cliente, desta vez o arquiteto Gabriel Garbin não teve grandes dificuldades, já que se tratava de atender um amigo de infância. “Eu o conheço por quase uma vida, sabia bem o que ele gostaria ou não de ter em sua casa”, revela Garbin. Localizado no arborizado Campo Belo, zona sul de Sampa, a ideia era que o apartamento fosse leve, com ar contemporâneo, poucos materiais (esta já é uma marca registrada da trajetória do escritório contratado), e, principalmente, tivesse a atmosfera descolada do jovem casal de publicitários – ele trabalha no Google e ela, no Twitter. O ponto alto da residência seria o gourmet: o ambiente foi desenvolvido para reunir os amigos e familiares nas celebrações aos bons momentos da vida.

giz-Studio-Gabriel-Garbin-Arquitetura-6

A planta original de 180 metros quadrados foi convertida em uma cozinha aberta para a sala de jantar, que também está conectada ao living com dois ambientes: sala de tv e de estar. A varanda recebeu uma mesa alta (composta de armários inferiores, adega e frigobar) com banquetas (Astania da Etel Interiores) para que os visitantes pudessem conversar descontraidamente enquanto o churrasco estivesse na brasa. No mesmo lugar também foi criado um outro estar mais despojado com sofá Ghost Gervasoni e poltrona da Franccino Exteriores.

giz-Studio-Gabriel-Garbin-Arquitetura-4

As quatro suítes foram transformadas em três, pois o layout inicial não era generoso com os espaços de armários no quarto do casal. Dessa forma, o quarto dormitório ganhou adaptação para se transformar em home office juntamente com o closet e banheiro do proprietário. Revestimentos como mármore travertino na área externa, a mesma pedra estucada com resina incolor na cozinha, o piso de madeira cumaru e o cimento queimado que brota das paredes deram identidade à morada. As salas de banho ganharam Limestone Mont Charmot e pastilhas da Vidro Real. Os interiores do projeto são destacados pelos móveis assinados pelo estudiobola, luminárias Tom Dixon,  bem como as poltronas e o sofá by Piero Lissoni, da Living Divani, Casual Interiores.

Studio Gabriel Garbin Arquitetura
gabrielgarbin.com