Apartamento de arquiteto e fotógrafa de arquitetura em São Paulo tem ambientes integrados mobiliados com peças reaproveitadas

Em uma estética industrial, morada de Lula Gouveia, do SuperLimão, com a esposa Maíra Acayaba destaca a madeira e o concreto, coloridos por detalhes como móveis e objetos

  • 30 janeiro 2018

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-6

Os 156 metros quadrados do apartamento que o arquiteto Lula Gouveia, sócio do SuperLimão Studio, divide com a esposa e fotógrafa de arquitetura Maíra Acayaba em São Paulo se sustentam em muito sobre a estética e as soluções industriais. O imóvel dos anos 1960, que teve seus ambientes integrados após a demolição de algumas paredes, é recheado de materiais aparentes e peças reaproveitadas em tons fechados, uma escolha intencional para destacar quadros, fotos e objetos de design.

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-8

No teto do hall de entrada encontra-se o primeiro protótipo da luminária Biro-Biro, feita de cavaco de aço e desenhada pelo próprio SuperLimão. Na parede, do chão ao teto, foi instalado um painel com grafite resgatado de um tapume de obra no bairro de Santa Cecília. No piso, o acabamento é de epóxi e o teto foi, por sua vez, foi rebaixado com forro de policarbonato alveolar. Para criar um plano iluminado, instalação de luz de led.

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-9

Na sala, bancos de madeira de demolição contornam o espaço, dividido por um sofá móvel que torna as dimensões do ambiente adaptáveis ao uso. Lá, o jardim suspenso composto por plantas tropicais suaviza a aridez do ambiente e que promove um microclima ao umidificar e filtrar o ar. Abaixo dele, Lula desenhou duas espreguiçadeiras executadas apenas em chapa metálica dobrada.

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-98

Aberta para a sala, a cozinha é adornada por um mural de azulejos Lurca junto a cobogós originais da fachada do prédio, aberto na reforma. Todo o mobiliário do espaço de refeições é composto por peças modulares reaproveitadas de escritórios, garimpadas em ferro velhos. As instalações aparentes são de inox.

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-99

Para separar a área social da área íntima, foi instalada uma porta de correr de compensado naval com acabamento de cera. Dentre os cômodos mais privativos, entre a suíte do casal e o quarto da filha, está o escritório da fotógrafa, que trabalha em casa durante boa parte do tempo. Aberto para o corredor, o ambiente tem seu espaço delimitado por uma estante feita de escadas de madeira e compensado.

AP-ALAMEDA-ITU---SUPERLIMAO-STUDIO-96

No quarto da criança, uma pintura com desenhos geométricos forma uma floresta estilizada e contemporânea nas paredes, logo acima da parte inferior pintada com tinta de lousa para desenhar. A cama do quarto do casal tem estrutura de madeira de demolição igual à cabeceira criada pela designer e amiga Diana Albuquerque. No banheiro, o banco do boxe se estende até a prateleira embaixo da pia, embutida na bancada de epóxi, mesmo material do piso.

SuperLimão Studio
superlimao.com.br

Maíra Acayaba
mairaacayaba.com